Massificação
Curso para formadores de técnicos e monitores começa em Fevereiro

Um curso para formadores de técnicos e monitores inicia no próximo mês de Fevereiro no país, com vista a preparar os agentes que trabalharão no Programa de Desenvolvimento do Desporto, que dá pelo nome de Despontar, anunciou ontem à imprensa, em Luanda, o director nacional dos desportos, Raimundo Ricardo.
Este processo, um ciclo de 4 anos que vai até ao ano 2012, prevê pesquisar cerca de 30 mil praticantes, com idades compreendidas entre os 8 e os 14 anos, abrangendo as dezoito províncias do país, nas modalidades de andebol, atletismo, basquetebol, futebol, ginástica, hóquei em patins e xadrez, em ambos os sexos.
Raimundo Ricardo fez saber que a Direcção Nacional dos Desportos encontra-se a reavaliar o projecto, para mantê-lo ou introduzir novos elementos no referido programa.
“Estamos a fazer um projecto do quadriénio. Estamos a reavaliar o programa para manter ou introduzir elementos novos, mas creio que este não será mais um projecto”, garantiu o director nacional dos desportos.
Aquele responsável garantiu que existem condições financeiras, de infra-estruturas, de recursos humanos para avançar com o programa.
“Poderemos ultrapassar as metas e temos condições de fazer isto, porque existem as condições financeiras, de infra-estruturas e humanas. Cremos que no final do ano apresentaremos um grande trabalho para este país”.
Este projecto, que visa a pesquisa de novos talentos e o desenvolvimento do desporto nacional, já foi lançado nas províncias do Kwanza-Sul, do Moxico, de Malanje e de Cabinda.
O Projecto Despontar, de âmbito nacional, começou a ser implementado em 2007 nas províncias do Bengo e Kwanza-Norte.

                                                                               Fonte Jornal de Angola-António Cristóvão|

 
Federação Angolana de Patinagem - Todos os direitos reservados © 2017